Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO Capítulo 157

Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO Capítulo 157

Capítulo 0157

– O que achou da comida?

caminhando para a faculdade.

Ethan perguntou para Charlotte, enquanto voltavam

Estava uma delícia, muito obrigada mesmo pelo convite.

Eu que agradeço sua companhia, você alegrou o meu dia estressante.

Por que o seu dia está estressante?-perguntou curiosa.

– É porque a semana de prova já está chegando e isso me deixa um pouco ansioso.

Você não devia estudar mais, ao invés de ir acampar no fim de semana?

Claro que não. Estudo todas as noites, só para o meu fim de semana ser sagrado.

Quer dizer que você não costuma sair à noite?

Não, na semana fico bem focado nos estudos.

E aí, no final de semana, você vai acampar sozinho, entendi.

Isso mesmo, essa é a minha vida.

Não acha que é um pouco solitária?

Costumo dizer que aproveito a solitude, o que é bem diferente de solidão.

Uau exclamou.

Estou com medo de atrapalhar seus momentos.

Você não vai atrapalhar, sabe por quê? Se aproximou dela, encarando seus lábios

carnudos.

-Por quê? – Perguntou, engolindo seco.

Porque você me mostrou que estar acompanhado é bem mais divertido e agora quero fazer isso com você.

Novamente, as maçãs do rosto dela coraram. Ethan sabia muito bem como deixá-la daquele jeito.

Você fala as coisas tão abertamente e sem filtro – comentou.

Você não gosta que eu faça assim?

ponderou. É que isso tudo é novo para mim.

Não é isso…

Não gosto de rodeios, Charlotte

respondeu.

Posso parecer bem apressado, mas prefiro

ser sincero a deixar que tenha dúvida de algo.

Você me ilude de um jeito diferente – brincou.

-Não pense que isso é uma ilusão, quero muito poder conhecer você melhor.

Eu também quero conhecer você, Ethan.

Sem se importar em estar na porta da faculdade ou com as pessoas que estavam ao redor, Ethan agarrou Charlotte e a beijou loucamente, com um certo desespero, como se corresse o

Após o beijo, ela se afastou lentamente, demonstrando timidez.

Preciso ir, meu horário de almoço acabou.

Posso te ligar à noite? ele perguntou.

Claro.

Ethan ficou ali em pé, até ver Charlotte entrar na universidade. Após isso, foi estacionamento, pegou o seu carro e saiu dali.

para o

Uma nova emoção estava se aflorando em seu peito e estava gostando muito daquilo. Tudo era novo e intenso, mas não se importava com nada, se no final, ele e Charlotte estivessem juntos.

À tarde, havia combinado de se encontrar com alguns colegas da faculdade.

Desculpem a demora disse, ao chegar atrasado.

O que houve? Você nunca se atrasa.

Jhon comentou.

Resolvi sair da rotina hoje. – Respondeu.

Então vamos começar com o trabalho, já que estão todos aqui – Melinda disse.

A Eva não vem? – Ethan perguntou, notando que ela não estava ali. -Não, ela disse que não estava se sentindo muito bem

Melinda explicou.

disse Jhon.

– Será que houve alguma coisa? Ela nunca faltou a uma de nossas reuniões

Vai saber, né? – Respondeu Melinda, encarando Ethan.

[…]

O fim de semana havia chegado, e Charlotte esperava por Ethan no ponto de ônibus.

Mais uma vez, não disse o seu endereço, com medo dele conhecer o local onde morava. Achava que ainda era muito cedo para Ethan conhecer a sua realidade. No fundo, tinha medo dele achá- la pobre demais e terminar aquilo que ainda nem haviam começado.

Ethan chegou no ponto exatamente no horário combinado. E ajudou Charlotte guardar a sua mochila no carro.

Por que não me deixou te buscar em sua casa? Essa mochila está pesada demais para carregá -la sozinha.

Eu nem senti o peso, além disso, moro aqui pertinho.

Mesmo assim, preferia te buscar em casa.

Não precisa, eu gosto de caminhar um pouco

explicou.

Os dois chegaram à montanha às 8 da manhã. Enquanto Ethan armava a barraca, Melinda se ofereceu para acender o fógo e preparar o café da manhã. (2)

Embora estivesse nublado, o clima estava abafado.

Quando vínhamos, eu vi algumas flores do lado esquerdo da montanha – ela comentou.

+15 BONOS

Quer ir là depois? – pergunton ele. Aquele lado é plano e tem um lindo campo de flores

silvestres.

Sério?

Você vai amar, é um ótimo cenário para fotos.

Quero sim

disse animada.

Amo flores!

Após o café, os dois foram para o campo de flores. Como Ethan havia comentado, ariela parte era bem plana, formando um campo de flores silvestres amarelas.

Meu Deus, será que esse é o paraíso?

Perguntou, encantada com a vista.

-Acho que é, pois, estou diante de um ser angelical.

Com Charlotte, conheceu o encanto e o charme das flores. Foi ela que o fez achar o mundo mais bonito e colorido.

Todo o sentimento que estava nascendo em seu peito, que ainda achava estranho e ganhou um significado.

Amor!

novo,

Era isso o que estava sentindo por ela, cada vez que a via ou recebia uma mensagem sua.

Os dois pareciam ser feitos um para o outro.

Bem, era assim que ele pensava.

Naquele lugar, em meio às flores, fizeram amor a manhã inteira.

[…]

Era sexta-feira, quando Charlotte chegou do trabalho e encontrou o seu pai na sala de casa. O homem estava sentado à mesa, já que não tinham sofá em casa.

Boa noite, pai.

Boa noite, filha, como foi o seu dia?

Um pouco cansativo, mas foi bom. Já jantou?

Ainda não o homem respondeu.

-Por que não?

Charlotte entrou na cozinha e percebeu que não havia nenhuma panela no fogão.

Era costume do pai, que sempre chegava mais cedo do trabalho, preparar o jantar. Porém, naquele dia, ele não o fez.

– Pai, aconteceu alguma coisa? – Perguntou, voltando para a sala.

O homem estava comu

face triste.

revelou.

– Fui mandado embora da empresa

– O quê? Por quê? O que houve?

Eram muitas perguntas de vez, já que aquilo não fazia nenhum sentido.

Eles disseram que precisam de uma pessoa mais jovem, e que eu já não conseguia dar conta de minhas funções.

Mais que absurdo é esse, pai?

Não fica assim, filha. Por um lado, eu entendo. Sei que já não tenho a mesma força de antes, e de uns tempos para cá, estou sentindo-me mais cansado.

O que o senhor está sentindo?

– Às vezes me sinto fraco e indisposto, tem dias que tenho tontura.

– Pai, o senhor precisa se alimentar melhor, eu vou preparar um jantar reforçado hoje.

Tudo bem, filha. Mas preciso falar com você antes.

O que houve?

Agora que estou desempregado, as coisas ficarão mais difíceis. Do jeito que estou me sentindo, será mais difícil arrumar um trabalho, e não quero que as despesas fiquem tudo em

suas costas.

ཧཻ | | ༅

Vamos dar um jeito nisso, pai, não se preocupe.

Como não me preocupar?

preocupar? – disse ele. Não posso deixar que as contas cheguem para nos desesperar. Eu já decidi uma coisa.

– O quê?

Liguei para o meu irmão e contei a minha situação, então ele disse que pode me arrumar um emprego onde trabalha.

Mas o tio mora no Alabama!

Isso mesmo, Charlotte. Vou me mudar para o Alabama e assim que as coisas por lá se estabilizarem, eu venho buscar você.

 

 

Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO por Célia Oliveira

Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO por Célia Oliveira

Score 9.6
Status: Ongoing Type: Author: Artist: Released: Feb 27, 2024 Native Language: Spanish
Leer Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO por Célia Oliveira - Rafaela, em busca de deixar para trás seu amor não correspondido pelo antigo chefe, o doutor Tácio Duarte, decidiu começar uma nova vida em Nova York. Instalada em uma área privilegiada da cidade e com um trabalho seguro, quase tudo parecia perfeito em sua vida, exceto pela falta de um amor verdadeiro. Após ser transferida de departamento de forma inesperada, ela se viu trabalhando para um novo chefe, repleto de peculiaridades. Em uma tentativa de distração, Rafaela decide sair com uma amiga para um bar. Lá, ela se depara com um homem irresistível, que desperta emoções há muito adormecidas em seu coração. Uma conversa envolvente, alguns drinques e uma noite memorável fizeram-na acreditar que o amor poderia estar novamente ao seu alcance. Contudo, seus planos desmoronam quando ela descobre que o homem dos seus sonhos é, na verdade, seu novo e insuportável chefe.
Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO por Célia Oliveira

Sinopsis

Ciúme,Poderoso,Chefe CEO,Opostos se atraem,Grávida,Homem/Mulher,Romance,

Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Options

not work with dark mode
Reset