Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO Capítulo 166

Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO Capítulo 166

Capítulo 0166

Havia se passado uma semana, desde Rafaela teve a sua bebê.

Havia ganhado alta do hospital, mas a sua filha continuava na UTI neonatal.

que sair do hospital sem a filha nos braços foi um pesadelo indescritível, como se uma

parte de seu corpo estivesse faltando.

Graças a Deus, estava com a sua mãe ao lado, que a consolava, dizendo que tudo ficaria muito

bem.

Kate foi buscá-las no hospital, dirigindo o seu carro novo. Um Toyota Corolla, branco. perolizado, que havia comprado no dia anterior com a ajuda de Tácio.

Bom dia – Kate saudou.

Uau, que bom gosto na hora de escolher um carro, hein? – Rafaela a elogiou, entrando no carro que estava com cheirinho de novo.

Gostou? Foi o Tácio que me ajudou a comprar.

Sueli olhou de soslaio para Kate, mas continuou em silêncio, observando o diálogo das duas. Perceber que a amiga da filha era próxima de Tácio, a deixou com ciúmes. No fundo, ainda esperava que os dois namorassem e voltassem juntos para o Brasil.

– Ele é ótimo com essas coisas, quando eu morava no Brasil, me ajudou a escolher o meu carro também – Rafaela revelou.

Se não fosse ele, eu acabaria comprando um apenas pela aparência – disse Kate, rindo da situação.

– Você arrasou amiga, o carro é muito lindo, combinou com você.

Quando chegaram no apartamento onde moravam, Rafaela notou haver um clima diferente no

Tácio e Kate pareciam mais próximos do que de costume, e, se não estivesse enganada, os pegou trocando olhares por diversas vezes.

Em seu quarto, quando já estava sozinha com a amiga, aproveitou para perguntar.

– Tem algo que eu precise saber? – perguntou curiosa.

Do que está falando? – Kate a questionou.

Aconteceu alguma coisa entre você e o Tácio, nesse período em que estive fora?

As maçãs do rosto de Kate começaram a ficar rosas.

Não foi nada

respondeu.

Fala logo! – Pediu eufórica.

Estamos nos conhecendo melhor, é apenas isso disse tímida.

-Ai, amiga, me dê mais detalhes, quero saber de tudo. Minha cabeça anda tão cheia de

Ei, não fala como se minha vida fosse um espetáculo. combinado de jantar, no dia que fomos escolher o carro.

-E?

perguntava curiosa.

Tem certeza de que quer mesmo saber?

Claro que quero.

reclamou.

É

que havíamos

preocupada, a questionou.

Jantamos, bebemos e nos distraímos. Quando voltamos para casa, acabou acontecendo… fez silêncio.

Não… Rafaela se animou. completar a frase.

Vocês dois…

Estava tão em choque, que nem consegu.u

tentava justificar.

Amiga, estávamos bêbados, não foi nada sério e…

Ei! Vá com calma, não precisa se preocupar com isso – a interrompeu. – Já te disse que torço por vocês. Não quero que se sinta mal por estar gostando dele.

– É que para ser bem sincera, me sinto um pouco culpada.

– Pelo quê?

– Por estar me divertindo com o Tácio, enquanto você e a Ava estavam no hospital.

Para com isso, Kate. Você não precisa se sentir culpada por conta dos meus problemas. Vocês dois são independentes e não são ligados a mim. Não é porque moramos juntos que deve esconder seus sentimentos. Você está ouvindo?

você

– Eu sei, é que, mesmo assim… às vezes acho que é injusto com você, eu querer ficar logo com o cara por quem você foi apaixonada.

– Não é injusto. Isso pode acontecer com qualquer um. Então tira essas coisas de sua cabeça. Eu e o Tácio nunca estivemos em um relacionamento, não precisa se preocupar com nada.

– Tem certeza?

– Pode acreditar.

Sabe o que é, amiga. Eu senti que, quando falei do Tácio para você mais cedo, a sua mãe me olhou de um modo diferente.

Não se preocupe, irei conversar com ela sobre isso.

Ela vai dizer que não sou sua amiga de verdade.

Ela não tem que dizer ou achar nada.

Você é tão compreensível, Rafa.

Sou bem tranquila, você sabe disso

gostou?

Perguntou com cara de sapeca.

Para com isso, Rafa-/pediu tímida.

Só responde.

piscou o olho. – Agora me conta uma coisa. Você

– Foi ótimo – respondeu, tapando o rosto com o travesseiro.

As duas riam e se distraiam no quarto, conversando um monte de besteira. Conversar com Kate aliviava um pouco a dor que estava sentindo.

Amiga, me conta uma coisa que quero muito saber

-Rafaela voltou a ficar séria.

-Eu já sei o que vai me perguntar – Kate tocou gentilmente a mão da amiga.

Então me diz, o que você acabou descobrindo sobre o Ethan?

Sério mesmo que quer conversar sobre isso?

+15 BONOS

Quero sim. Preciso saber o que está acontecendo com ele e o que ele acabou descobrindo em relação à Eva, que o fez ficar tão nervoso naquele dia.

– Rafa… pausou, pensando em como diria aquilo. – Não acho que ele tenha descoberto algo ruim sobre a noiva.

Como não? Ele estava furioso, quebrando tudo no escritório.

Eu sei, também não entendi muito sobre isso, mas…

Por que você acha que ele não descobriu nada ruim?

– Sabe o que é. Eu ouvi dizer, que motivo de o Ethan ficar fora por uns dias, é que ele está planejando o casamento.

O rosto de Rafaela se empalideceu.

Então, Ethan iria se casar, assim, tão rapidamente?

Mas não fazia sentido algum para ela.

A mulher que apareceu no escritório estava tão decidida a revelar algo que dizia respeito à Eva, e ele havia ficado tão descontrolado. Como que tudo aquilo se resultaria em um casamento?

– Isso não faz nenhum sentido para mim – sussurrou.

Sei que deve ser doloroso para você ter que saber disso tudo, ainda mais, porque ainda gosta dele.

Eu não acho que o Ethan está planejando se casar, não pode ser lágrima solitária rolava em seu rosto.

Amiga, sabíamos que esse dia iria chegar mais cedo ou mais tarde.

dizia, enquanto uma

– É que…

parou de falar.

Seus pensamentos estavam confusos.

Não precisa falar muita coisa, eu te entendo. Você ainda estava com esperanças de que ele não se casasse com ela, não é mesmo?

Eu…

As lágrimas que segurava começaram a rolar gradualmente.

Rafaela achava que Ethan terminaria com Eva de algum modo.

Vai ficar tudo bem, depois que a nossa bebê sair do hospital, você pode arrumar outro emprego e se afastar dele. – Kate tentava consolá-la.

Logo, logo, você vai acabar tirando

Uma batida na porta do quarto chamou a atenção das duas,

Pode entrar Rafa respondeu, enxugando as lágrimas de seus olhos.

A porta se abriu e dela entrou Tácio, que estava com o semblante assustado.

Vocês não sabem o que acabel de ver no noticiário-disse ele.

O que houve?

começando no pale perguntou preocupada, Já pensando que uma guerra estava

O avião que levava Eva Thompson desapareceu enquanto sobrevoava o oceano.

 

 

 

Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO por Célia Oliveira

Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO por Célia Oliveira

Score 9.6
Status: Ongoing Type: Author: Artist: Released: Feb 27, 2024 Native Language: Spanish
Leer Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO por Célia Oliveira - Rafaela, em busca de deixar para trás seu amor não correspondido pelo antigo chefe, o doutor Tácio Duarte, decidiu começar uma nova vida em Nova York. Instalada em uma área privilegiada da cidade e com um trabalho seguro, quase tudo parecia perfeito em sua vida, exceto pela falta de um amor verdadeiro. Após ser transferida de departamento de forma inesperada, ela se viu trabalhando para um novo chefe, repleto de peculiaridades. Em uma tentativa de distração, Rafaela decide sair com uma amiga para um bar. Lá, ela se depara com um homem irresistível, que desperta emoções há muito adormecidas em seu coração. Uma conversa envolvente, alguns drinques e uma noite memorável fizeram-na acreditar que o amor poderia estar novamente ao seu alcance. Contudo, seus planos desmoronam quando ela descobre que o homem dos seus sonhos é, na verdade, seu novo e insuportável chefe.
Caminho Traçado Meu bebê é filho do CEO por Célia Oliveira

Sinopsis

Ciúme,Poderoso,Chefe CEO,Opostos se atraem,Grávida,Homem/Mulher,Romance,

Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Options

not work with dark mode
Reset